Não tem como fecharmos os olhos para o atual Brasil Cristão em que nos encontramos, não é mesmo? A atuação de “grandes” nomes do grupo evangélico, figuras inseridas na política vem causando certo desconforto em pessoas de fé cristã. No mínimo, algumas contradições são visíveis na conduta desses cidadãos que batem no peito e proclamam suas verdades nos púlpitos e palanques. Atuam na contramão da fé fazendo apologia a violência, ao preconceito, ao racismo, a tortura e ainda assim, mesmo defendendo tudo que há de mais desumano, se auto declaram “homens de bem”.

O site do wikipédia fornece uma explicação bem clara que diz que todo Cristão é aquele que adere aos ensinamentos de Jesus, uma vez registrada na Bíblia hebraica.

Uma passagem bíblica bem conhecida pode nos servir de parâmetro.

Jesus, no Sermão da Montanha, disse:

Bem-aventurados os humildes de espírito;
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!
Bem-aventurados os misericordiosos, os puros de coração.
Bem-aventurados os pacíficos, porque esses serão chamados filhos de Deus!

Nesse pequeno trecho percebemos que esses “senhores de bem” não fazem jus aos ensinamentos daquele ( Jesus ) que eles mesmos usam em suas palestras em igrejas e palanques. Humildade, mansidão, misericórdia e paz não estão na lista de prioridades e pouco vemos essas qualificações em algum deles. Podemos refletir outros dois pontos que distanciam essas pessoas da fé cristã, a OSTENTAÇÃO e o JULGAMENTO.

OSTENTAÇÃO

A história de Cristo nos conta que ele não tinha nem lugar para deitar sua cabeça, vivia entre os gentios, viveu como um peregrino, sem local fixo de moradia, auxiliava pobres, doentes e necessitados. Era manso e desprendido dos bens materiais. Já esses figurões gastam com “dentaduras” e ternos, vivem de infinitos auxílios para complementarem um salário que já seria suficiente por si só. São verdadeiros empreendedores das finanças alheias, usam dinheiro de fiéis e dos cofres públicos para usufruir de uma vida de luxo. USURPADORES!

O cidadão comum, na sua ingenuidade ou ignorância (chame como quiser) aceita as migalhas por conta de carência emocional, e eles, lobos em pele de cordeiros, sabem e usam dessa artimanha sem misericórdia alguma, fazendo com que os direitos adquiridos com luta sejam usurpados.

Escândalos com gastos de cartões corporativos estão em todos os jornais e ainda assim nos vendem a ideia de que a Previdência Social dessa nação foi a causadora do rombo econômico que sofremos. Ora, se o país está em crise, como gritam aos quatro ventos, deveria-se economizar de fato, deveria ser prioridade a reforma política desse país, reduzir quadro de parlamentares e seus gastos indevidos. Nada mais justo que tirar regalias desses homens e deixar que a população viver com o mínimo de dignidade! As notícias estão aí, só não enxerga quem não quer!

CARTÃO CORPORATIVO DOS QUE ESTÃO NO PODER.

TRATAMENTO DOS DENTES DO PASTOR

JULGAMENTO

Julgar, apontar, sentenciar, discriminar, maldizer. Isso é comum dentre esses indivíduos conservadores, mas a história que a bíblia nos apresenta é de um Jesus que não aponta as pessoas, que não condena e que é em toda sua história, compreensivo e amoroso. A bíblia só registra um único episódio de fúria de Jesus, que foi justamente dentro de um templo, tirando isso, sua atuação com os demais era movida a empatia e amor, afeto e humildade, carisma, bondade e PERDÃO.

Agora, coloquem todas essas notícias que cercam esses “homens e mulheres cristãs” e percebam o quão cruéis são em seus julgamentos, o quão estúpidos e incoerentes, o quão maldizentes são! Esses não se aproximam em absolutamente NADA com a história do Cristo da bíblia. NADA!

PREGAÇÃO RACISTA

ESPANCAMENTO DIGITAL

GESTO DA ARMINHA

Desses seres preconceituosos, donos da verdade, que sobem em púlpitos e palanques para vomitar seus sermões cheios de regras, ódio, rancor e ganância não podemos esperar nada além de falcatruas e rasteiras para com o país. Esses não representam em nada a vida de CRISTO.

Hipócritas! Tirem primeiro a trave de seus olhos e assim verás para tirar a palha do olho do teu irmão. Mateus, 7:1-5

A conduta de um cristão deveria estar atrelada aos direitos para todos, ao bem comum, a bondade com o próximo, a liberdade de escolha, as boas ações, ao respeito e dignidade com seu semelhante, ao direito de ir e vir, ao direito de escolha, ao direito de comer, beber e se divertir, de sentir prazer na vida e no crescimento do próximo. Isso sim seria a conduta de um cidadão de bem. Só com essas características podemos nos achegar a Cristo!

Sobre o Autor

Dan

Dan

Post Anterior

Depressão pós parto

Próximo Post

This is the most recent story.

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *