RESENHA

“Brasil entre armas e livros”

Entra em cena,  o ano de 1964.

O documentário “1964: O Brasil entre armas e livros”,  do produtor independente  Brasil Paralelo levou as telas do cinema  uma  revisão histórica  sobre a ditadura que  durou 21 anos em nosso  país. O documentário é  polêmico pelo simples fato de  traçar pontos controversos, afirmando que existia no Brasil uma  ameaça “comunista” e que não houve censura e repressão severa como livros de história contam.

Esse  documentário tem apoio de indivíduos conservadores e também do presidente atual e sua família, que ouviram filósofos, pesquisadores e  historiadores, como o “distinto” Olavo de Carvalho. Para assistir o documentário, clique AQUI.

Será um simples sinal de verniz ideológico?

É preciso estudar e compreender tudo que aconteceu naquela época. Quer se aprofundar? CLIQUE AQUI. 

A Ditadura  foi um período da nossa história que deixou marcas  irreversíveis. A política brasileira foi conduzida por  grupos militares, atos institucionais foram praticados. Aconteceu que, no dia 1.º de abril de 1964, um golpe militar deu fim ao governo do presidente eleito João Goulart,  conhecido como Jango. Censura,  perseguição política, retirada de direitos constitucionais e também repressão a todos que contrariavam a Ditadura. Nessa época muitos professores e estudantes, trabalhadores comuns, jornalistas e artistas foram  às ruas protestar contra um  Sistema que destruía oportunidades, retirava direitos e negava o conhecimento à toda população. Torturas, desaparecimentos e mortes ocorreram. Opressores impunes. Aqueles jovens não eram vagabundos, eram a oposição que buscavam direitos sociais, eram vidas que mereciam no mínimo respeito por parte dos Governantes. Cabe a todos nós enquanto sociedade, entender os acontecimentos que não foram inventados, e sim, vividos! A Comissão Nacional da Verdade constatou  violações dos  direitos humanos no Brasil de 1946 a 1988. Foi relatados prisões arbitrárias, desaparecimentos forçados, ocultações de cadáveres e  mortes durante os 21 anos de ditadura.

 

Enfim, o Produtor do Documentário disponibilizou sua criação de maneira gratuita na internet, que cada um  tire suas conclusões!

Fuiiiii

 

Sobre o Autor

Dan

Dan

Post Anterior

Pobreza no Brasil

Próximo Post

A história do livro

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *