O ano de 2019 está marcado. Nosso país passou MESES repletos de discussões e rompimentos familiares, amizades cerradas, corrupção descarada, perdas trabalhistas, desemprego em alta, feminicídios, homicídios, homofobia, racismo e preconceito. Uma sociedade destroçada, chorando pelo sangue derramado. Sangue em Brumadinho, nos morros do Rio, sangue nos fluxos em São Paulo. Sangue dos jovens do clube campeão da Libertadores, sangue dos jovens e profissionais da escola de Suzano, sangue de norte a sul da nossa terra verde e amarela, fogo na amazônia, petróleo no nordeste. Mas dezembro está chegando e agora é hora de esquecer o que passou e festejar.

FESTEJAR O QUE ?

BRASIL 2019

Perdas irreparáveis para muitas famílias, provedores que sem emprego não conseguem mais levar o sustento para seus lares. Inúmeras tragédias mas a sociedade está tão robótica que a empatia e o amor ao próximo foi quase extinta, pontos esses que são primordiais para aqueles que conhecem e propagam a história de CRISTO.

A conduta de Jesus é tão oposta a tudo isso que estamos presenciando, que até aqueles que não costumam priorizar atos religiosos compreendem o quão contraditório e obscuro é ver essa sociedade se auto denominar, CRISTÃ.

O JESUS da bíblia não aprovaria tanta crueldade. As igreja estão apoiando a brutalidade, fazem arminha dentro de templos, representantes pregando mentiras para viver do dinheiro dos fiéis. Deputado “de bem” pagando 150 mil numa dentadura alegando que a boca é ferramenta de trabalho, denominações apoiando a truculência. Poxa, que isso?

Esse ano, o nascimento de JESUS, data comemorada todo 25 de dezembro, a festa que movimenta todo o comércio de final de ano, deveria ser substituída por LUTO NACIONAL, por todo esse sangue derramado no ano de 2019. Não podemos fechar os olhos para as tragédias diárias que nós brasileiros estamos nos deparando.

Jesus, um personagem bíblico, inocente que morreu na mão de corruptos que se diziam “homens de bem”. Você percebe que essa história não parou lá na CRUZ do Calvário?

Atualmente vemos muitos inocentes morrendo nas mãos de “homens de bem”, como aqueles que mataram o Cristo.

Reflita

Esses são os nove jovens que foram mortos em uma baile dentro da comunidade de Paraisópolis, a famosa DZ7, mas todos sabem que tem muita gente inocente morrendo! A Agatha Vitória lá no morro do Alemão, que morreu com um tiro de bala “perdida”. Muitos são os inocentes que estão morrendo nas mãos dos ditos “homens de bem” . Quantos ainda vão morrer?

É Esse é o “espírito natalino” que representa o nascimento de CRISTO JESUS?

Sobre o Autor

Dan

Dan

Post Anterior

MORTES no fluxo

Próximo Post

Moda Praia 2020

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *