Por favor, fale a minha língua!

Olá pessoal. Tudo certo por aí? Continuam com  os cuidados? Mesmo que não pareça, ainda estamos vivendo o distanciamento social! Fique alerta!

Hoje, lendo alguns posts na minha Rede Social, me deparei com um print de um colega de trabalho que muito me chamou atenção. Na verdade, tem muito de mim nesse post e ao lê-lo, acionou em meu cérebro o  gatilho que me colocou aqui a escrever!

Veja o post

 

Huummmm, vamos partir  do princípio, ok?

Nossa língua “materna”é a  Língua Portuguesa e todos nós sabemos que a língua é essencialmente um fenômeno social e político. Aqui, ao mencionar o português com língua materna, não significa que nos esquecemos da  história da nossa Nação e dos povos indígenas e africanos que fazem parte desse território, fato não se argumenta, os índios antes dos portugueses, já viviam em terras brasileiras, e os africanos foram trazídos por portugueses e  que, índios e africanos sofreram e ainda vivem sob  as consequências das condições horríveis que lhes foram impostas, isso é inquestionável.

Ao mencionar “materna” estamos abordando o fato de que  a língua portuguesa, em sua maioria, é a que aprendemos desde o nosso nascimento.  Levando isso em consideração, sabemos  que a língua é um  recurso que o indivíduo  possui para alcançar suas aspirações em meio a sociedade. Dependemos  disso para nos expressarmos, ela  é a uma das base da cultura de uma nação.

Atualmente, existe uma valorização exacerbada da língua que vem de fora e a realidade é que falamos  e escrevemos  muito mal a  língua materna e exaltamos demasiadamente  a língua alheia!

Uiiii, que feio! Rs. 

Quando se fala na importância da língua materna, podemos mencionar  os franceses. Esses cidadãos nascidos na França  jamais fizeram questão de falar a língua alheia dentro do seu território, oras, se estão na França, que falem francês!

Claro que desenvolver habilidades e conhecer os idiomas é positivo e eleva o conhecimento para qualquer cidadão, esteja ele onde estiver, esse não é o caso. Aprender é sempre bom! É que aqui, parece que tudo é motivo de vergonha, sabemos de  brasileiros que se envergonham de sua nacionalidade, da sua regionalidade, da sua sua história e cultura,  tudo que é de FORA é legal, é positivo, é exaltado! Se pensarmos de  forma generalizada, muitos de nós não buscam  nem ao menos  compreender  a história e os fatos relacionados aos povos no Mundo,  e sem nenhum argumento real, zelamos pelos costumes alheios. Isso me causa URTICÁRIA! É um horror!

Um exemplo clássico. Veja só.

Pense, vou dar um exemplo clássico do brasileiro desentendido :

“Não fala inglês, não entende o idioma  mas quando vai ao cinema, diz que prefere o legendado, pelo fato do áudio original! Opppaaaaa, eu vou ficar lendo e me perder no meio do caminho só pra dizer que é melhor ouvir no idioma do outro?

Huuummmmm! não sei não! Essa coisa de job e call é uma babaquice! Valorize sua história, sua cultura, sua nação. Nós que a escrevemos, fazemos parte desse todo !

Ah, e antes que eu me esqueça, não é BALL É CUMBUCAAAAA!

Tá aí, um  vídeo de Ariano Suassuna para reflexão! Pense como brasileiro! Você é parte disso tudo!  Esse nordestino me representa!

 

Bjooooo, fuiii! 

4 Comments

  1. Clarice
    27/08/2020 at 17:21 — Responder

    A Lingua Portuguesa é rica em conjugações verbais, gramática e ortografia. É um poema para leitores e ouvintes. Aqui não é EUA, falamos português!

    • 27/08/2020 at 17:24 — Responder

      Concordo plenamente. É preciso aprender a valorizar nossa cultura, a começar pela nossa Língua Portuguesa!

  2. Ana Julia
    01/09/2020 at 18:09 — Responder

    Eu sempre me pego a pensar nos motivos, se é que existem, para uma nação trocar a sua cultura e linguagem por outra que nada lhe acrescenta! A lingua portuguesa é rica e não necessita de substituições

    • 17/09/2020 at 14:24 — Responder

      Somos duas minha querida! Somos duas!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *