A pergunta que não quer calar é…

Você gosta de ler?

Existe uma porção de motivos  que contribuem para o desinteresse do estudante comum pela leitura. Para mim, a principal causa desse desafeto pela literatura está atrelada ao descomprometimento das gestões governamentais educacionais do nosso país. Não existe um projeto eficaz que promova a leitura para TODOS!

Sim, os GOVERNANTES. Não existe interesse dentro dessa nação em divulgar, oportunizar e criar meios de incentivo ao contato com o livro, desse jeito nunca mudaremos essa realidade. Piorando a situação criam-se obstáculos que acabam desmotivando o hábito pela leitura, a mais nova notícia do GOVERNO ATUAL é  a  taxação, taxas e mais taxas! Huuummm, aí tem coisa!! Veja a notícia da TAXA DOS LIVROS. 

O livro precisa ser apresentado ao mundo da criança. 

A graça pela leitura se inicia nos primeiros anos de vida, quando ainda somos crianças e não  alfabetizados. Começa dentro de casa, com adultos lendo para os pequenos, Aquela coisa de ler para dormir, sabe? Assim formamos bons leitores.

Para o adulto que ainda não tem o hábito pela leitura a dica é, nunca é tarde para começar, inicie as leituras pelas fábulas, leia para os  filhos, netos, sobrinhos, enteados, afilhados, para os pequenos da comunidade,  e assim vai. Somos um país que produz grandes histórias, maravilhosas fábulas com referência dentro  das nossas raízes, temos uma coleção de autores brasileiros que escrevem belas artes mas que não são apresentados a sociedade em geral, para todos. Criou-se o paradgma de que a  leitura é algo para uma parcela mais elitizada, privilegiada e por isso muitos não tem acesso.

Existe também uma desvantagem dentro das famílias mais carentes, por que se eu não consigo alimentar o corpo dos meus pequenos, como vou comprar um livro para que alimente as vossas mentes?

Para formarmos uma sociedade de leitores é preciso entender isso se alcança se  começarmos  bem cedo, em casa e com a família. As fábulas são ferramentas de criação para todos. É uma maneira de imaginar, brincar e se divertir. A literatura infantil pode atuar como uma fonte de imaginação e nos levar a momentos incríveis, experimente !

Brasil e seus autores

A literatura voltada para os pequenos começou  em meados do século XVIII. Foi nesse tempo da história que  a criança efetivamente passou a ser vista como criança. Já nessa época, crianças mais ricas liam clássicos e crianças mais pobres tinham mais contato com os contos folclóricos.

Aqui, a literatura infantil começou através das  obras de Carlos Jansen   com os “Contos seletos das mil e uma noites”, com obras de Figueiredo Pimentel que escreveu Os “Contos da Carochinha”. Mas, o mais ilustre escritor da nossa literatura infantil foi o grandioso  Monteiro Lobato. Foi através de seus contos que a nossa literatura para crianças e jovens deu seus primeiros passos para uma bela jornada no mundo da Imaginação. Escritores como Ziraldo e Ana Maria Machado também se dedicam as histórias do mundo da criança.

Conheça o Museu Monteiro Lobato

 

Finalizando…

Somos uma nação distinta, repleta de seus contos,  formada por grandes autores dentro da literatura infantil mas que ainda não alcançou a todos, muitos não conseguem adquirir um bom  livro, se nem comida no prato têm, vai ter para um livro? Nem todas as escolas e instituições educacionais públicas  possuem um  espaço para  funcionamento de uma biblioteca efetiva e é justamente isso que irá colaborar para que a criança de hoje,  que não é estimulada a imaginar através da literatura  se tranformará no adulto de amanhã que não terá interesse pelos livros e pela leitura e assim o círculo vicioso continuará  formando uma sociedade desgigual onde  “nem tudo é para todos”!

O acesso ao conhecimento se inicia brincando de ler, brincando de sonhar e imaginar  e por isso a literatura deve estar acessível a todos da Nação! Nosso último parágrafo fica por conta da frase de Lobato que diz:

” Quem mal lê, mal ouve, mal fala, mal vê. Um país se faz com homens e livros. – A vida, senhor Visconde, é um pisca-pisca.”

Até mais pessoal! 

 

2 Comments

  1. Nair
    27/08/2020 at 17:32 — Responder

    Ler é preciso! Não vemos incentivo à leitura mas acredito que aos poucos estamos melhorando! Um dia, chegaremos lá!

  2. Renata
    17/09/2020 at 13:52 — Responder

    O legal é incentivar desde pequeno,

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *