DICASSaúde

OCITOCINA hormônio do Amor

Você já ouviu falar no hormônio do amor?  Nada de Serotonina nem Dopamina, esses hormônios estão relacionados à  paixão e não ao amor.

Segundo a psiquiatra, palestrante e escritora brasileira Ana Beatriz Barbosa Silva, a ocitocina/ oxitocina é a substância  produzida no hipotálamo, conhecida como hormônio do amor, também chamada de “molécula da moral”. Essa substância é liberada quando estamos perto de pessoas que nos fazem bem. Quando as relações produzem satisfação,   os níveis de cortisol caem, fazendo com que o estresse diminua.  Estudos  indicam a produção de ocitocina está relacionada aos laços de afeto entre mães e filhos e inclusive entre os casais e também em relações de amizade. Quando o contato de pele entre as pessoas é gerida através de uma  relação de confiança, a ocitocina é liberada e causa sensações de prazer. Esse hormônio é  conhecido pela função de unir pessoas e desenvolver ligações de carinho e amor.

MAS COMO ISSO FUNCIONA DENTRO DO NOSSO CORPO?

A produção  naturalmente acontece no  organismo e  uma boa forma de auxiliá-la  é estar pertinho de pessoas que gostamos  e e que compartilhamos  momentos agradáveis de afeto e intimidade. Além de estar  diretamente  ligada como facilitador da hora do parto e da amamentação, essa substância,  melhora o convívio social, por estimular expressões  mais emotivas e de sensibilidade, diminui o  estresse, melhorando o humor e o convívio.

Existe a possibilidade de uso dessa substância através de cápsulas, líquida ou spray, pois esse hormônio auxilia  no tratamento de ansiedade e depressão, mas é importante dizer que nesses casos é muito importante  consultar um médico psiquiatra.

Dicas para estimular a ocitocina naturalmente

  • Contato físico – Essencial para produção de ocitocina
  • Palavras  e energia positiva – é sempre bom ouvir palavras de bom ânimo e elogios, nos sentimos valorizados.
  • Ouvir os outros – Não só tagarela mas também abrir espaço para ouvir.
  • Meditação – meditar causa relaxamento e estimula os  sentidos.
  • Chorar – libera energia presa e também estimula a produção desse hormônio.
  • Ser generoso dando alguma coisa aos outros – Causa sensação de bem estar.

Então, se você almeja  vida regada de amor e energias boas, a dica é, cultive os relacionamentos que existem troca de carinho, abrace mais, sorria, crie vínculos saudáveis de amizade, conte piadas, dance, durma de conchinha com seu amado, chore quando for necessário, crie momentos de descontração e brinque mais. Seja leve, não guarde rancor, incentive e encoraje todos aqueles que passarem  por sua história, assim, certamente você sentirá que o AMOR está no ar e em você também !

 A palavra chave aqui é EMPATIA!

Bjão, fuiiiii!

Sobre o Autor

Dan

Dan

Post Anterior

Sistema Público de Ensino

Próximo Post

Cuide do seu filho

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *