StickyPAPO SÉRIO

Semana de reflexão – Brasil, um país de todos?

Essa é uma semana para refletir!

Acordei antes das 6h, e como de costume fui ver as notícias. Bombardeada pela mídia,  entrei numa breve reflexão da atual fase que estamos enfrentando! Dor no peito, vontade de chorar!

Páscoa, semana santa, ressureição, renovo, renascimento, esperança, amor e paz! Era pra ser isso mas não, definitivamente não é isso que encontramos nos lares de milhares de brasileiros!!

Estamos vivendo tempos de muita dor, tristeza e vazio! O corona vírus está fazendo muitas vítimas, muitos  esperam por um socorro ou  estão sofrendo a dor da perda !

 

Brasil, país de todos. Será?

Que contraste é esse que nos apresenta um Brasil repleto de belezas naturais e auto sustentável ( porque é!),  mas  também se apresenta como um  país desigual,  corrupto, de fome e de abandono?

Essa semana se inicia com mais covas sendo abertas, pessoas se despedindo dos seus amores, prantos  em muitos lares e na contramão dessa dor também nos deparamos com o  deboche de pessoas inconsequentes, insensíveis, cruéis, pessoas sem caráter algum enfiando-se  em baladas clandestinas, em bares, em praias lotadas, saindo com amigos, dançando, bebendo, cantando e por incrível que parece, RINDO!!

Eis que o brasileiro tornou-se seu próprio inimigo!!

Situação Atual

Corrupção, disputas presidenciais, prende, solta, mata. Milícia, “rachadinha”, trapaça, tira ministro, põe ministro. Vereadora e seu motorista mortos, juiz corrupto, apresentador disputando cargo

político, mídia golpista, país parado, comércio fechado, sem vacina, sem máscara, sem comida, sem teto, deboche, pouco caso, festinha de jogador. Auxílio que não vem, gente sem casa, mansão do neném!!

MAIS DE 313 MIL MORTES POR COVID 19. APROXIMADAMENTE 3MIL POR DIA!!

Assim como dizia um trecho de uma letra do Legião: “QUE PAÍS É ESSE? ” 

Consciência de Classe, isso é o que  precisamos inserir no nosso povo, na nossa essência, porque a única classe social dividida nesse país é a classe que movimenta esse território, é a que leva essa terra nas costas e que paga a conta dessa elite podre, é a classe trabalhadora. SOMOS NÓS!!

“Seria uma atitude ingênua esperar que as classes dominantes desenvolvessem uma forma de educação que proporcionasse às classes dominadas perceber as injustiças sociais de maneira crítica.” Paulo Freire 

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *