RESENHA

Somos todos políticos

Podemos negar a nós mesmos?

Eu tento e muito não escrever sobre política aqui no blog por que quando criei o canal eu queria que minhas palavras fossem leves, queria falar principalmente com as mulheres sobre assuntos de autenticidade, identidade, sobre ser a gente mesmo e mostrar o quanto a sociedade é cruel, por enfiarem por nossas goelas um tal padrão disso e daquilo. Padrão de família, padrão de estudos, padrão de relacionamentos, padrão de beleza, padrão de vida, enfim, o famoso “status”. Eu queria falar da nossa beleza brasileira, das artimanhas de ser mãe, da graça de um povo lindo e batalhador que está estampado no rosto de todos pelos cantos desse país tropical. Queria escrever sobre a beleza natural que existe em cada um de nós, queria dar dicas disso e daquilo, mas sempre que penso em escrever para o blog, é a política do Brasil que me causa repulsa e é dessa repulsa que eu preciso escrever. A nossa realidade me leva a mencionar sobre esse tema e isso é mais forte que eu.

Talvez pelo fato de vir de família humilde, não ter vivido grandes regalias, talvez por enxergar as dificuldades que meus pais enfrentaram durante uma vida toda para manter a casa. Talvez pelo fato de identificar a desigualdade social que está entre nós. Pelo fato de ser usuária do Sistema Público Educacional e de Saúde.

FATO! Não consigo negar a mim mesma, a minha história e a história dos meus.

Toda vez que compartilho do transporte público, quando preciso do médico do SUS, quando vejo o descaso com os professores e estudantes dos serviço educacional público. Quando lembro-me da distância que existe entre quem pode pagar e quem não pode. Quando percebo que o preconceito e o racismo esta enraizado nessa terra e constatar que isso está nos matando, matando gente pobre, nossos filhos, a periferia que não tem como se defender. Me consome o coração perceber que hoje o crime organizado exige respeito na “quebrada” e a segurança pública está corrompida. Isso é inversão de funções!!

O que será nós?

Como dizia o Chapolin Colorado ” Quem poderá nos defender?”

Política está relacionada à organização do coletivo, contudo, em nosso país a atuação do ser político não tem sido praticado por muitos, as pessoas abdicam do direito de ter direitos por falta de conhecimento ou por se deixar levar pelos canais midiáticos. Somos indivíduos políticos e negar esse fato é dar às costas a nós.

Eu gostaria muito de levar esse canal com mais leveza, mas a nosso realidade me pede LUTA! Nós precisamos aprender a atuar perante ao mal causado pelos corruptos, precisamos ser aliados daqueles que lutam por políticas públicas, por atendimento justo no Sistema Público. O povo precisa entender o quão forte somos se estivermos juntos!

Uma coisa é certa, NÃO NOS FALTAM RECURSOS, O PROBLEMA É QUE NOS SOBRAM LADRÕES!!

Que 2020 possamos desfrutar de dias melhores, que o povo se encontre E LUTE JUNTOS para acabar com a hipocrisia da elite desse país.

 

Sem Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *